dom. ago 25th, 2019

Imagem retirada da revista VICE Indonésia.

10 Perguntas que Você Sempre Quis Fazer para um Mestre de Kung Fu

Uma entrevista com o Mestre Odi, onde ele expõe sua opinião sobre o kung fu no passado, presente e no futuro.

Esse texto é uma tradução de uma notícia feita pela revista VICE da Indonésia. Se você quiser ler a entrevista no site, em inglês, clique aqui.

Odi é um mestre de kung fu moderno. Nas últimas duas décadas, ele dominou todas as armas sob o sol e treinou inúmeros estudantes para vitória em competições nacionais de wushu em toda a Indonésia.

A Indonésia recentemente ganhou cinco medalhas, incluindo o outro, na competição de wushu de Jogos Asiáticos, então nós pensamos que seria uma boa hora para chegar ao Odi e falar sobre passado, presente, e futuro do kung fu em um mundo obsessivo por MMA.

Imagem retirada da revista VICE Indonésia.

VICE: Há quanto tempo você pratica kung fu? 
Odi: Eu ensino kung fu desde 1996. Eu também treinei outras artes marciais como pencak silat e jiu-jitsu, mas o que eu mais estudei é kung fu.

Qual a diferença entre kung fu tradicional e wushu? É verdade que o kung fu foi basicamente reduzido a dança e sua forma mais florida hoje? 
Na minha opinião, wushu prioriza a beleza acima da função. A velocidade do wushu é fantástica – mas o alma marcial da arte é quase inexistente porque os movimentos são focados no estilo ao invés da substância. Por outro lado, kung fu tradicional preserva o aspecto marcial através da forma adequada e do condicionamento. Wushu tem dois ramos: taolu, que são formas ensaiadas, e sanda, que é um esporte de combate. Então voce poderia dizer que sanda é uma resposta do wushu para o taolu.

Qual é a coisa mais incompreendida do kung fu?
Uma pessoa normal pensa que o wushu é somente “dança” e que kung fu é feito por um único estilo. Kung fu é apenas um termo genérico; existe várias escolas que ensinam diferentes estilos.
A pessoa que vem à mente da maioria das pessoas quando eles pensam em kung fu é Bruce Lee, mas kung fu não se parece com o que Bruce Lee fazia.

Existem muitos vídeos no Youtube de boxeadores e lutadores de MMA desafiando “mestres de kung fu” em lutas e ganhando. Na sua opinião, qual o melhor estilo de kung fu para lutar em um torneio de MMA? 
Bom, todo estilo tem sua força e sua fraqueza. Eu acho que é melhor aprender o que é útil e descartar o que não funciona para você. Não se limite em um único estilo. Da mesma forma, porém, a utilidade de um estilo depende em última análise da pessoa. Se a pessoa que luta é um especialista que treinou por anos, então o kung fu dele pode ser mortal, mas se a pessoa que luta começou a treinar ontem, então com certeza eles somente saberiam a “pele” da arte, por assim dizer.
Na minha opinião, o kung fu mais simples e fácil de aprender é o wing chun. É simples de aplicar, fácil de aprender e não tem muitas formas para memorizar. As formas não tem muitos movimentos sem utilidade e as posturas são, pelo menos na minha opinião, aplicáveis [na vida real]. Talvez outras pessoas podem discordar, mas isso é uma experiência pessoal.

Qual a coisa mais inacreditável que você viu um mestre de kung fu fazer? 
Hummm, o mais comum é quebrar objetos duros… barras de ferro, cimento, e grandes blocos de gelo, isso é tudo bastante normal. Mas a coisa mais louca que eu vi é a habilidade da “camisa de ferro”. As pessoas canalizam a sua energia chi em certas partes do seu corpo para resistir a pancadas de mãos vazias ou de armas. Meu professor dominava essa habilidade.

E sobre algumas habilidades menos conhecidas que um mestre de kung-fu pode, umm … mestre. Coisas que parecem inacreditáveis para a pessoa comum? 
O que eu mencionei é isso mesmo. Se estamos falando de algo como levitar ou pular muito alto, eu diria que é conteúdo direto da TV. Se tivéssemos esse tipo de conhecimento, então nossos atletas teriam ganho medalhas no salto em distância e no salto em altura nas Olimpíadas.

Como você define chi? Como se cultiva isso? 
Eu acho que chi é um tipo de energia no corpo humano. Existe em um estado passivo ou ativo e pode ser cultivado através de métodos específicos, como respiração ou meditação. É algo que tem que ser aprendido sob a orientação de um professor, não uma habilidade que você possa aprender com segurança por conta própria. Sem orientação adequada, é possível estourar uma artéria ou cortar um nervo.

Você pode me falar sobre essa “habilidade do testículo de ferro”? Como alguém pode ser chutado na virilha e ainda ser capaz de ter filhos depois? 
Oh sim! Essa é uma habilidade na qual você pode canalizar seu chi para os testículos, de modo que eles sejam fortes o suficiente para arrastar um carro. Mas isso é coisa de Shaolin – os monges treinam muito duro para poderem rebocar um carro com o pênis.
Sabemos que pessoas como Ip Man (professor de Bruce Lee) sabiam como fazer isso, e ele tinha filhos, então eu diria que isso não interfere muito em suas chances de reproduzir.

Então, como isso funciona? Há algum exercício específico que você precisa fazer primeiro? 
Há uma versão disso onde os testículos são puxados para dentro da cavidade escrotal usando qigong. Eu nunca realmente treinei nisso, mas eu ouvi que a habilidade é conseguida sugando suas bolas para o seu abdômen.

Você pode realmente fazer as coisas pegarem fogo ou levitar usando qigong? 
Cara, na minha opinião, isso cai no reino do sobrenatural. Como para os humanos normais, isso seria impossível sem a ajuda de algumas “entidades” especiais.

Como é um dia típico de treinamento para você? 
Minha rotina de treinamento é dividida entre técnicas e físico. O treinamento físico suporta a técnica. Isso inclui corrida, flexões, abdominais e condicionamento geral que moldam um corpo forte. A técnica também deve priorizar a forma e a aplicação – que uso é um físico forte com técnica ruim ou uma boa técnica com um físico ruim?

Qual é o futuro do kung-fu tradicional? 
O kung-fu tradicional tem que se deixar levar pelo tempo. Nós, como treinadores, não podemos nos deixar levar pela tradição. Pense em smartphones – todos os anos eles continuam saindo com modelos mais avançados que tornam obsoletos os antigos. Se nos forçarmos a usar modelos ou tecnologias antigas, seremos deixados para trás pelos tempos. Portanto, a chave aqui é continuar preservando a tradição e, ao mesmo tempo, absorvendo elementos da modernidade.

Fotos e textos foram retirados da revista VICE ID.

2 thoughts on “10 Perguntas que Você Sempre Quis Fazer para um Mestre de Kung Fu

  1. Interessante. Gostaria de chamar a atenção para uma possivel falha de tradução no segundo parágrafo onde se lê: “nas últimas vinte décadas”. Talvez queria dizer duas décadas….pois 20 x 10 = 200 anos….que seria talvez impossível…..e duas décadas 2 x 10 = 20 anos. como ele iniciou em 1996 estaria completando 2 décadas em 2016…….enfim….é minha contribuição. Peço desculpas se tiver entendido errado….

    1. Oi Maria! Você está certíssima! hahaha… Erro grave de tradução!

      Já corrigi!

      Obrigado por nos corrigir! Vamos prestar mais atenção!

      E obrigado por nos visitar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *